Uma parede criativa: faça a sua!

14:13 Renata Becker Wentz 7 Comentários

Eu adoro quadros, gosto mais de quadros do que porta retratos. Mas não gosto de quadros com paisagens ou ilustrações 'sem motivo', apenas para decorar o ambiente e deixá-lo bonito. Gosto de quadros com motivos, que reflitam o que sentimos ou então que sejam bem a nossa cara.

7 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)

O nosso closet: prático e barato

11:36 Renata Becker Wentz 8 Comentários

Como falei neste post, decidimos não comprar um roupeiro mas sim montar um closet no nosso quarto. Talvez é algo meio diferente para algumas pessoas, mas posso dizer que estou amando.

O estilo de closet que escolhemos é da Di Carlo, você compra as peças separadas e monta na parede como quiser. A única regra é fixar as barras de metal na parede, que servirão de suportes:
Em cima, é uma prateleira que já havíamos instalado quando tirei a foto.
As barras são parafusadas na parede e após isto você vai encaixando os pinos de sustentação para logo após colocar as prateleiras e cabideiros:
Aí você decide como quer colocar as prateleiras e cabideiros. A nossa primeira decisão foi esta abaixo:
Colocamos todos cabideiros na parte de cima, prateleiras embaixo e os sapatos perdidos pelo chão....ficou uma zona! Então resolvemos melhorar o visual apenas alterando os cabideiros e prateleiras de lugar:
Algumas observações:
. Os sapatos ainda são provisórios, temos que ver se colocaremos junto no closet (em prateleiras) ou se faremos outro móvel para eles;
. Minhas únicas roupas dobradas são: blusão de lã, short e roupa da academia, o resto está tudo no cabide! 
. Na verdade os shorts e roupas íntimas estão em uma cômoda. Futuramente queremos tirá-la do quarto e talvez colocar estas roupas em caixas organizadoras, já que as gavetas deste modelo de closet são muito caras.
. Roupas de festa deixei no armário do quarto de visitas;
. É um alívio ter tudo à mostra para poder escolher o que vestir;
. Não fica com cheiro de mofo e as roupas ventilam;
. Dá menos preguiça de guardá-las;
. Já compramos 72 cabides acrílicos e ainda falta mais uns 30 e poucos para padronizar (E ainda por cima algumas regatas minhas estão duplas em um único cabide).
. Se a gente enjoar da ideia, é só fechar com MDF ao redor e transformar em um closet pequeno e fechado.
. Juntando todas as peças gastamos em torno de R$900 nele. De todos os modelos de closet assim, este é o mais caro porém o mais bonito.

Gostaram da sugestão de closet barato e compacto? Eu amei!

Bjo!


Siga nas redes sociais:

8 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)

Como receber hóspedes de forma simples

13:53 Renata Becker Wentz 2 Comentários

Nem todo mundo tem um quarto de hóspedes, mas nós temos que ter um já que nossos amigos e família são de longe. Eu ainda estou na saga de decorá-lo mas tive que dar uma pausa para cuidar primeiro do nosso quarto.

2 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)

Para dor de cabeça: mexa-se!

13:43 Renata Becker Wentz 4 Comentários


Contra dor, exercício!

Quem viu o Globo Repórter desta última sexta-feira (08/08) deve ter percebido como é importante se mexer e se exercitar, principalmente se você tem alguma dor. 

4 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)

Tenha um closet sem gastar muito

16:50 Renata Becker Wentz 8 Comentários

Antes de mais nada preciso fazer uma apresentação: temos um novo baby lá em casa: GUNS! Quem segue o blog no Facebook e no Instagram já conhece ele. Adotamos ele de uma ONG e ele é filhote de uma cadelinha de rua :)

8 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)

Você é independente?

08:05 Renata Becker Wentz 6 Comentários

Eu adoro ler textos de reflexão sobre a vida, autoajuda, relacionamento... E toda vez que leio algum texto assim penso em diversas coisas. Há pessoas que se acham autossuficientes e dizem "eu odeio livro de autoajuda, eu não preciso disto". Ok, vamos falar sobre eles. Os livros de autoajuda praticamente falam sobre a mesma coisa, apenas de formas diferentes. Mas, que mal há tirar um tempo para pensar na própria vida? Não é o livro que fará você ficar mais feliz ou mais deprimido, é você mesmo. E não é porque você lê um livro de autoajuda que quer dizer que você seja uma pessoa fraca, sem autoestima ou deprimida.

6 opiniões sinceras:

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)