Cuidados básicos para ter um cachorro

10:22 Renata Becker Wentz 6 Comentários

Cuidados para ter um cachorro

Oi gente! Quem me conhece sabe: eu AMO cachorros e tudo relacionado à eles <3 Quer que eu chore em um comercial? Põe um cachorro sem fazer nada lá paradinho! Haha É sério, às vezes, só de ver um dog na propaganda (principalmente da Pedigree) eu já me emociono. Filme com cachorro então? Não dá né gente! Morri vendo Marley & Eu e eu PROMETI que nunca irei olhar Sempre ao seu lado... nunca, nunquinha!!!!! Enfim, deu pra entender que, se eu pudesse, levaria todos para casa :)
Mas o cachorro não precisa apenas de amor infinitamente, ele precisa de várias outras coisinhas que são importantes para seu bem estar e de seus donos. Bom, eu vou citar alguns cuidados básicos para ter um cachorro mas como é por experiência própria, irei falar de cachorros que ficam no pátio e não dentro de casa.

Sim eu AMO cachorro mas mesmo assim acho que tudo tem limites e como tenho 2 "filhos" enormes e que soltam muito pelo, não tem como deixá-los entrar em casa. Se você não lembra deles vou mostrar eles aqui de novo porque eu sou muito babona:

Meus cachorros Guns e Fred

E se você acha que ter um cão é simplesmente alimentar, reveja seus conceitos antes de ter um, olha só: 

1. ADOTE, não compre
Antes de mais nada, tem tantos cachorrinhos lindos por aí esperando um lar, você já olhou em ONG's? Não pense em ter um bichinho apenas por ser o mais bonito ou por ser de raça para poder exibir por aí, tenha um cachorro para ser seu fiel companheiro. Não sei se já contei aqui a história do Guns e do Fred. O Fred era de um casal de amigos nossos e eles iam se mudar para um apartamento, então adotamos ele com 2 anos. Até a gente adotar o Guns, a gente olhou muitas ONG's, lares de "passagem" e canil. Até que encontramos ele e ele parecia tão frágil e medroso...ele nasceu na rua, sua mãe era uma cadela de rua e o pessoal da ONG pegou ela para cuidar assim que ela engravidou. Eu não tenho noção de como eram os pais do Guns, só sei que ele é lindo e o amo muito :) E até parece que quando o cachorro vem da rua ou de adoção ele é mais feliz, se contenta com qualquer coisa, come tudo que oferecer.... Não sei se todos são assim, mas o Guns é! Rsrsrs

2. Escolhendo o local
Pátio disponível
Primeiro você precisa decidir se quer um cachorro grande ou pequeno e se ele vai ficar dentro ou fora de casa. Se ele ficar fora, veja se você tem espaço para ele correr e brincar. Veja também se há um local para ele fazer as necessidades (você tem grama ou piso?). Escolha também um local para deixar a casinha dele e os potes de água e comida, para ele se acostumar. Os potes dos nossos cachorros ficam no pátio de trás e a casinha no pátio da frente. É que o Guns foge se você abre o portão, então sempre quando vamos sair pela manhã a gente dá comida para eles e tranca o portão dos fundos, para poder sair com o carro. É sempre esta novela pois não conseguimos ensiná-lo a não fugir. Mas eu já li que isto é normal em alguns cachorros, não quer dizer que ele seja maltratado.

3. Comida de qualidade
Claro, o melhor seria dar só Pedigree, né? Mas, do jeito que estes 2 comem, não dá! Fomos comprando várias marcas até perceber qual eles gostavam mais e também qual deixava as fezes sequinhas, diminuía a queda de pelo, etc.... Não vá pelo preço, a ração pode não oferecer os nutrientes que seu amigo precisa. E pense bem: é a única refeição que ele tem no dia, durante a vida toda! Compre uma ração boa. Ah, o indicado é não dar comida de gente, viu. Afinal, os temperos que usamos na comida não são os mais indicados para os cachorros. Além da ração, a gente sempre tem ums petiscos para quando eles se comportam e sempre damos osso de churrasco, eles adoram.

4. Higiene em dia
Se você não quer gastar levando seu cachorro para tomar banho na Pet Shop, dê banho em casa. Se ele for pequeno, dê banho no banheiro mesmo, com a água mais morninha. Se for dar banho na mangueira, espere um dia com sol, que esteja bem quente e a água não esteja tão fria. Lembre-se que os cachorros tem uma sensibilidade muito maior que a nossa para o calor, frio, som alto...

5. Exercícios e brincadeiras
Exercicios para cachorros
Tem cachorro que adora brincar a vida toda mas tem alguns que não são tão ativos assim. Tem cachorro que brinca sozinho e tem cachorro (que nem o Fred) que só sabe brincar se você estiver junto. Tenha sempre alguns brinquedinhos para ele, algo para ele roer (e não roer seus sapatos! hehe) e mesmo deixando os brinquedos á disposição dele, tire um tempinho para brincar junto. E não se esqueça de passear com seu amiguinho! Eles adoram sair da rotina, farejar lugares novos, ver outros cachorros... Mas antes de sair para passear, coloque uma plaquinha de identificação nele caso ele se perca. Depois que o Guns foi castrado ele engordou muito então justamente por causa disto precisa se exercitar.

6. Atenção e obediência
Pode não ser exatamente a mesma coisa, mas ter um cachorro é como ter um filho: você precisa educar, alimentar, ser responsável... O Fred é super educado, ele obedece tudo que você manda mas é que ele já veio educado quando o pegamos. Já o Guns foi um caso complicado. Eu confesso que mimei demais quando ele era pequeno e agora ele faz o que bem entender. Hehe É bem complicado dele obedecer algo que a gente manda. O problema é que quando ele era pequeno, o Fred atacou ele e quase o matou e eu me senti muito culpada por isto e acabei sempre relevando quando ele fazia uma travessura.... Então a dica que eu dou é a seguinte: pode ser sofrido, mas diga não para seu cachorro, xingue, faça ele obedecer mesmo que ele faça aquela cara triste. É para o bem dele. Antes de brincar com ele, faça-o te respeitar e ensine coisas para ele. Se precisar, busque ajuda profissional.

7. Visita ao veterinário
Seu cachorro também precisa de revisão de vez enquando. Hehe Leve-o ao veterinário sempre que sentir necessidade. Se ele estiver com algum machucado, não estiver comendo, estiver perdendo muito pelo, ou qualquer outra coisa que você achar estranho, leve-o ao veterinário. E não esqueça de ver se as vacinas estão sempre em dia, viu! Peça para o veterinário quais são as vacinas que seu cão deve tomar, abaixo fiz um esquema bem explicadinho que você pode imprimir e colcoar na geladeira para lembrar:
Vacinas importantes para cachorros


E por mais que eu ame meus cachorros eu digo: não é fácil ter disposição para dar atenção para eles depois de um dia de trabalho e faculdade. Eu tento todo dia dar uma atenção, jogar a bolinha, fazer carinho, afinal, eles ficam o dia e a noite toda sozinhos. Tem gente que diz "se você gosta tanto de cachorro, por que não tem mais de 2?" É que não adianta eu pegar mais cachorros se não poderei dar toda a atenção que eles merecem.... Mas com certeza, se eu tivesse mais tempo disponível teria mais sim!

E vocês, são "cachorreiros" também?

Acompanhe o blog nas redes sociais: 

Fonte:
Prevet Home

Você poderá gostar desses posts

6 comentários:

  1. Muito bom ver pessoas conscientes como você em relação à criação dos bichanos.
    Eu amo os Pets. Tenho um gatinho e queria adotar um dog. Mas como estou sem tempo, por enquanto vou ficar só namorando ♥
    Beijos
    http://morandocomamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oieee, é verdade, não adianta adotar e não poder dar atenção né, muito bem :)

      bjooo

      Excluir
  2. Oiii! Legaaaal voce ter essa consciência! Eu não sou muito apegada a petsss, mas confesso que tive uma cachorrinha que dominou meu coração! HAHAHAH. Beeeeijos

    http://www.verdadeescrita.com/eu-resolvi-chorar/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. heheheheh eu sou apaixonada por eles <3
      meus filhos huhuhu

      bjooo

      Excluir
  3. Morro de vontade de adotar um cãozinho, mas marido não quer :(
    Beijos!
    Blog Ame Mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa que pena...mas isto é algo q os dois devem querer né... talvez com o tempo ele mude de ideia ;)

      bjoo

      Excluir

Obrigada pelo comentário. Será lido e respondido :)